AETN
ImprimirImprimir PDFPDF

Baianos investem em intercâmbio cultural para melhorar qualificação profissional

estudantes(1)

Turismo de educação cresce mais de 20% ao ano.

A necessidade imediata do segundo idioma na vida profissional e da experiência de se vivenciar diferentes culturas tem feito com que pessoas que já estão no mercado de trabalho procurem pelo intercâmbio de curto período (um mês).

É crescente a busca dos brasileiros, principalmente dos baianos, pelo turismo de educação. Seguindo o cenário nacional do setor, que cresce mais de 20% ao ano, as agências baianas têm aumentado a venda de pacotes de intercâmbio. Os cursos mais procurados atualmente são programas de estudo e trabalho no exterior, graduação e pós-graduação, trabalho voluntário, cursos para executivos e programas para intercâmbio em família. O setor movimentou nacionalmente, em 2014, cerca de R$ 5 bilhões e está em franco processo de expansão, agora, em 2015.

“O desejo de estudar fora sempre existiu e cresce pela obrigação de aprimorar a qualificação profissional. O que mudou é que o intercâmbio está mais acessível devido às facilidades no pagamento”, explica Kamil Daiha, sócio diretor da CCIBrasil Intercâmbio Cultural, agência que atua há 10 anos em Salvador e com filiais em Vitória da Conquista e Recife. Outro fator positivo é que, além do aprendizado da língua estrangeira, a experiência de conhecer um país com cultura e costumes novos atrai não só os estudantes e profissionais à procura de aprimoramento, mas um público eclético, de idades diversificadas, como os idosos.

“Temos hoje um perfil variado de clientes a partir dos 11 anos de idade e que ultrapassa a faixa etária de 80 anos. Os locais mais procurados por brasileiros são: Canadá, Irlanda, Estados Unidos, Nova Zelândia, Reino Unido, Austrália e Espanha. Vale salientar que não há restrições para fazer intercâmbio, nem de idade, nem de período. Trabalhamos com programas de curto prazo (uma semana) até longo prazo (cursos de graduação e pós) e enviamos, por ano, em média, 300 estudantes para o exterior”, enfatiza Kamil.

Uma pesquisa da Belta (Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Educacionais e Culturais) identificou um aumento da procura por cursos de línguas no exterior pelas classes C e D. Alguns pacotes podem ser financiados e parcelados. O mercado oferece mais facilidades nas formas de pagamentos, aumento considerável no mix de produtos e parcerias com instituições internacionais.

Kamil Daiha esclarece que sua empresa proporciona o câmbio mais baixo do mercado e o pagamento em 10x sem juros e sem entrada.  “Geralmente, o cliente nos procura já com uma ideia sobre qual programa quer fazer, local e período. Aí, tentamos ajustar tudo de acordo com os seus objetivos, expectativa e valor disponível para o investimento”, explica. Em alguns casos, a equipe especializada no atendimento traça o perfil da pessoa e sugere opções.  “Disponibilizamos os serviços de programas de intercâmbio de acordo com as necessidades do cliente, seguro saúde e assistência ao processo de vistos”, ressalta.

Mas quem decide estudar no exterior deve ficar atento na hora de contratar a empresa para não ter problemas com a prestação do serviço. “Há casos de falência de agências de intercâmbio em que os clientes perdem o dinheiro já pago ou em que as escolas e os fornecedores ficam sem pagamento”, alerta Eduardo Pithon, sócio da CCIBrasil Intercâmbio Cultural. Ele recomenda que  o consumidor deve, antes de tudo, checar a idoneidade da empresa, fazer uma pesquisa rápida na internet para verificar se há reclamações ou buscar indicações de conhecidos.

Eduardo afirma que, para qualquer qualificação profissional, a experiência que envolve o intercâmbio, desde a língua, cultura, idioma até o próprio cotidiano, traz benefícios enormes para o amadurecimento de qualquer pessoa e facilita o sucesso no mercado competitivo que encontramos nos dias atuais e que tanto demanda muita flexibilidade e habilidades extracurriculares. “A nossa agência é uma das duas únicas em Salvador associadas à Belta, ou seja, possui um registro que representa um selo de qualidade, imprimindo credibilidade junto aos clientes engajados que buscam por instituições sérias.

 






Atualiza Cursos
SEDE: Rua Frederico Simões, 153, Edifício Empresarial Orlando Gomes, sala 403 Caminho das Árvores,
Salvador – BA | CEP: 41.820 - 774 | Fone: ( 71 )9.8688-0683 | contato@aetn.org.br
© 2021, AETN - Associação Empresarial Tancredo Neves . Todos os direitos reservados.
ZWA