AETN
ImprimirImprimir PDFPDF

Turismo sustentável pode se tornar uma realidade em Salvador

A criação de ciclovias pela extensão da Orla de Salvador, principalmente a colocação do piso compartilhado por pedestres, carros e bicicletas, é uma das mudanças que apontam para o fato de que a capital baiana caminha no sentido de se tornar uma cidade turisticamente sustentável.

A revitalização de uma das áreas nobres da cidade, a Barra, com a pavimentação no mesmo nível, remete às áreas exclusivas para pedestres que existem nas grandes cidades da Alemanha. O importante é estender esse desenvolvimento a todos os bairros, inclusive à periferia. O que já está acontecendo. As obras ocorrem, por exemplo, na Ribeira, em São Tomé de Paripe e Tubarão, no subúrbio soteropolitano. Todas seguem o mesmo projeto da Barra, incluindo paisagismo, iluminação, implantação de piso compartilhado para veículos e pedestres, usando toda a largura da rua, com dutos subterrâneos, definição de espaço para a prática do ciclismo e caminhada, piso tátil para pessoas com deficiências, rampas de acesso à praia, quiosques para informações turísticas e para comércio de coco e acarajé, sanitários públicos, posto salva-vidas, entre outras intervenções para manutenção da limpeza e reciclagem do lixo.

Na medida em que essas áreas foram se tonando realidade, com a Guarda Municipal presente, videomonitoramento, equipamentos de qualidade, bons bares e restaurantes, acaba o problema da violência nesses lugares. Tudo que é ocupado, que tem a presença do poder público, do setor privado e das pessoas atrai mais turistas.

 






Atualiza Cursos
SEDE: Rua Frederico Simões, 153, Edifício Empresarial Orlando Gomes, sala 403 Caminho das Árvores,
Salvador – BA | CEP: 41.820 - 774 | Fone: ( 71 )9.8688-0683 | contato@aetn.org.br
© 2021, AETN - Associação Empresarial Tancredo Neves . Todos os direitos reservados.
ZWA